Hora 7 Sem perder a amizade: moradores trocam socos e resolvem conflitos em tradição natalina centenária

Sem perder a amizade: moradores trocam socos e resolvem conflitos em tradição natalina centenária

Evento de região do Peru envolve também muita música e festa; logo após as lutas, os participantes selam a paz para o ano seguinte

  • Hora 7 | Do R7

Se para você as tradições natalinas envolvem comer ceia farta e trocar presentes, para os moradores da região de Chumbivilcas, no Peru, o Natal significa resolver problemas na base do soco.

Todo dia 25 de dezembro, os habitantes da região participam da tradição conhecida como "Takanakuy" — algo como "trocar socos mutuamente", o que podemos adaptar facilmente como "trocação honesta".

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

As origens do Takanakuy vêm de grupos indígenas, que lutavam para resolver e deixar para trás problemas do ano, manter a honra e melhorar a reputação. Acredita-se que o formato atual do evento tenha se estabelecido no século 19.

Moradores brigam em tradição natalina de província do Peru

Moradores brigam em tradição natalina de província do Peru

Paul Vallejos/EFE (EPA)

Bate-bocas, questões por causa de terrenos, dinheiro e desentendimentos familiares: tudo pode ser resolvido no ringue. Ao fim da briga, os participantes se abraçam, e a paz é selada, para começar o ano seguinte bem. Em muitos casos, os lutadores (bêbados, geralmente) nem têm problemas para resolver e só participam devido à ocasião festiva.

As rodas de socos também contam com danças, muita música e cantoria. Os participantes usam trajes especiais para a ocasião.

Ao final das brigas, os participantes selam a paz

Ao final das brigas, os participantes selam a paz

Paul Vallejos/EFE

As regras são simples: as lutas duram cerca de três minutos, e são proibidos golpes nas costas ou em um adversário caído.

A tradição pode parecer apenas uma desculpa para bater em vizinhos e conhecidos, mas é considerada um evento cultural importante — e outras províncias do Peru passaram a realizar a própria Takanakuy.

Treta brutal! Famílias brigam na Disney em vídeo impactante

Últimas