Hora 7 Eles bebem cerveja e matam pets: praga 'catastrófica' de guaxinins assusta moradores

Eles bebem cerveja e matam pets: praga 'catastrófica' de guaxinins assusta moradores

Governo da Alemanha considera impossível controlar a população dos animais no país e pede que todos se acostumem com eles

  • Hora 7 | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Uma praga sem controle assola diversas cidades da Alemanha.

  • Guaxinins já mataram pets, roubam cerveja, invadem casas e causam prejuízos gigantes.

  • Mais de 200 mil deles foram mortos em 2022.

  • Ainda assim, governo considera situação sem controle e pede que população se acostume.

Moradores de uma cidade da Alemanha estão enfrentando uma "praga" de guaxinins. Os animais aprenderam a entrar nas casas e agora roubam cerveja e até devoram animais de estimação.

Segundo um levantamento, alguns dos donos de residência já precisaram pagar até 10 mil euros (R$ 54 mil, no câmbio atual) após encontrarem partes da casa completamente destruídas pela ação dos animais invasores.

Guaxinins são bonitinhos, mas tocam o terror por onde passam

Guaxinins são bonitinhos, mas tocam o terror por onde passam

RawPixel (Domínio Pùblico)

Em alguns dos casos, como meliantes experientes, os guaxinins entram em casas de pessoas que viajaram, tocam o terror e depois fogem ao menor sinal de barulho.

O problema piorou cada vez mais nos últimos anos. Segundo a Associação Nacional de Caça da Alemanha, 200 mil guaxinins foram abatidos em 2022, bem mais do que a população total da espécie há quatro décadas, estimada em 10 mil.

A ideia da associação é incentivar os moradores do país a comerem guaxinins nos próximos anos, o que poderia ajudar a diminuir a quantidade deles no país.

Segundo o Daily Telegraph, cientistas ouvidos pelo governo do país afirmaram que tentar controlar a população dos guaxinins com caça só causou a reprodução ainda mais acelerada deles.

"(...) O problema não pode mais ser erradicado, então temos que aprender a conviver com eles. Em menos de um século, essa espécie fez da Alemanha seu lar. Essa é uma história de sucesso e sofrimento", declarou em tons trágicos uma matéria do jornal Frankfurter Allgemeine Zeitung.

Nem pets escapam

A mídia do país colheu depoimentos assustadores da praga dos animais, que chega a chamar de "catástrofe".

Eles gostam de cerveja e em várias situações derrubam garrafas para beber o líquido. Também conseguem escalar prédios. Alguns tutores afirmam que pets pequenos, como roedores e pássaros, foram comidos por guaxinins. Em outros países, há relatos de grupos de guaxinins que chegam a matar cachorros de médio porte.

Apesar do medo de alguns, o governo de Berlim, capital do país, não renovou a licença para caçar os animais e disse para o povo se adaptar a eles.

Guaxinins não são nativos da Alemanha e chegaram ao país em 1920. Mas foram libertados apenas no governo nazista, na década de 1930.

Algumas versões afirmam que o militar de alta patente Hermann Göring ordenou pessoalmente a libertação dele em florestas do país, mas historiadores apontaram que guardas ligadas ao político libertaram os animais sem ele saber.

Guaxinins 'zumbis' invadem cidades e deixam todos de cabelo em pé

Últimas