Hora 7 Por causa de doença rara, cachorro utiliza óculos muito estilosos para passear

Por causa de doença rara, cachorro utiliza óculos muito estilosos para passear

A tutora de Gus não queria que o filhote ficasse cego, por isso encontrou uma maneira de deixar a vida dele normal

  • Hora 7 | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Um cachorro com uma doença rara ganhou um par de óculos estiloso para passear.

  • A tutora do border collie encontrou no acessório uma forma de impedir a piora da saúde dele.

  • A doença pannus afeta diretamente a visão do animal, podendo levá-lo à cegueira.

O cachorro consegue viver uma vida normal com a utilização dos óculos

O cachorro consegue viver uma vida normal com a utilização dos óculos

Reprodução/Chloe Godliman/Via Daily Mail

Um cachorro foi diagnosticado com uma doença que afeta a visão e pode cegar totalmente. Para contornar o problema, a tutora encontrou uma forma de permitir que o animal tenha uma vida normal.

Com apenas 1 ano de idade, Gus, um cachorro da raça border collie, foi diagnosticado com a doença pannus. Chloe Godliman, tutora do pet, descobriu o problema após ter visto uma mancha rosa turva no canto de um olho do animal e levá-lo ao veterinário.

O especialista responsável pelo diagnóstico afirmou que a doença não tem cura e poderia deixar Gus completamente cego. Chloe e o marido, Joe, que moram na Escócia, "não podiam acreditar no que estava acontecendo", segundo ela contou ao tabloide Daily Record.

Desesperada com o resultado da consulta, a tutora decidiu pesquisar mais sobre a condição e encontrou uma empresa que fabrica óculos que fornecem proteção ocular segura para cães, além de bloquear 99,9% dos raios ultravioleta.

Os óculos específicos para cachorros permitem que Gus tenha uma vida normal — o animal agora tem 3 anos. "Os óculos são brilhantes. Graças a eles, sua condição não piorou e ele pode desfrutar da prazer de estar ao ar livre", comemora Chloe.

A fofura utiliza o equipamento sempre que faz algum passeio fora de casa, já que os raios solares podem piorar ainda mais o pannus.

O acessório único de Gus chama atenção, e muitas vezes os tutores precisam explicar que o uso dele se deve ao tratamento de uma condição médica. Além dos óculos, o cachorro recebe gotas de esteroide no olho, o que não reverte a doença, mas impede sua progressão e reduz as lesões.

VEJA TAMBÉM: Cachorro idoso e feliz é eleito o 'mais feio do mundo'

Últimas