Hora 7 Pelos em fúria! Furry acerta megafone na cabeça de homem durante pancadaria na praia

Pelos em fúria! Furry acerta megafone na cabeça de homem durante pancadaria na praia

Ataque provocou briga generalizada durante evento realizado na cidade de Huntington Beach, Califórnia (EUA)

  • Hora 7 | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Um encontro de furries em uma praia dos EUA proporcionou cenas lamentáveis ao público.

  • Um dos peludos usou um megafone para agredir um homem que o gravava com celular.

  • Segundo o Daily Mail, a vítima havia sido banida do evento, mas mesmo assim compareceu.

  • Relatos dão conta de que um dos furries acabou preso no local.

Furry bateu com megafone na cabeça de homem durante briga em praia da Califórnia

Furry bateu com megafone na cabeça de homem durante briga em praia da Califórnia

Montagem/R7, com Reprodução/Twitter/@doginreal

Um encontro de furries (entenda aqui quem são eles) em uma praia de Huntington Beach, na Califórnia (EUA), proporcionou cenas lamentáveis ao público, quando um dos participantes peludos agrediu um homem que o gravava com o celular.

Um vídeo compartilhado no Twitter mostra o momento em que o furry brigão tenta expulsar do evento o possível penetra, por meio de palavras de ordem em um megafone: "Vá embora ou faremos você sair", gritou.

Em seguida, o anfitrião simplesmente passou a usar o aparelho sonoro como arma. Assista abaixo!

Assim que a dupla cai na areia, mais pessoas se juntam à confusão — sendo uma delas outro furry meio lobo, meio pirata.

De acordo com o tabloide Daily Mail, rumores em comunidades online afirmam que o homem agredido havia sido banido do encontro. No entanto, apareceu da mesma forma. Ao ser amparado, ele disse que necessitaria de pontos e ainda ameaçou outra pessoa de processo.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

Policiais foram vistos ao prender um dos furries, enquanto testemunhas afirmavam que nenhum deles havia feito nada de errado. O Daily Mail entrou em contato com as autoridade locais para comentar a ocorrência, mas até o fechamento desta reportagem não obteve retorno.

Justiça peluda! Furries salvam mulher agredida por companheiro

Últimas