Hora 7 Lagartixa surpreende moradora após viajar quase 5.000 km em caixa de morangos

Lagartixa surpreende moradora após viajar quase 5.000 km em caixa de morangos

O gecko clandestino deixou o Egito para reaparecer na cozinha de uma casa na Inglaterra, após ter sido comprado num mercado

  • Hora 7 | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Um gecko, espécie de lagartixa, deixou o Egito para reaparecer na Inglaterra
  • Ele estava dentro de uma caixa de morangos comprada no mercado por uma moradora local
  • Apesar da viagem e de um tempo na geladeira, ela apresentava alto nível de atividade
  • O réptil acabou coletado por uma entidade de proteção animal e será posto para adoção
Lagartixa viajou do Egito até a Inglaterra dentro de caixa de morangos

Lagartixa viajou do Egito até a Inglaterra dentro de caixa de morangos

Reprodução/RSPCA (via Daily Star)

Um gecko, espécie de lagartixa, deixou o Egito para reaparecer na cozinha de uma casa em Manchester, na Inglaterra. A descoberta foi feita pela moradora Nikata Moran, que adquiriu o réptil clandestino por meio uma caixa morangos comprada em um supermercado local.

De acordo com o tabloide britânico Daily Star, a pequena lagartixa tinha apenas 2,54 cm de comprimento. Apesar da longa viagem e de ter passado aproximadamente duas horas dentro da geladeira de Nikata, o animal apresentava atividade frenética após ter vindo à tona.

"Parecia muito alerta, então consegui colocá-lo em uma colher e tranferi-lo para um recipiente de plástico, onde ele se moveu muito rápido", contou a moradora, conforme reportado pela publicação.

Vale o clique: 'Fantasiado, sinto que não sou mais humano', diz homem que gastou R$ 120 mil em traje realista de lobo

Nikata imediatamente acionou a Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade contra Animais (RSPCA, na sigla em inglês). A entidade enviou uma inspetora à residência, para que a lagartixa fosse recolhida em segurança.

"Quando me disseram que coletaria uma lagartixa clandestina, devo admitir que esperava ter sido recebida por algo um pouco maior!", disse Rachel Henderson, em comunicado emitido pela RSPCA. "Quando abri a caixa, tive que olhar duas vezes para ver onde ela estava."

A intrusa acabou encaminhada a um a clínica veterinária, onde foi constadado que ela desfrutava de boa saúde. Agora, o bichinho passará um período em quarentena, até que possa ser adotado por alguém.

Já o morador a seguir adotou uma tarântula imigrante, que encontrou em uma caixa de uvas. Confira abaixo!

Últimas