Hora 7 Influenciador come peixe infestado de vermes para viralizar, e sofre as consequências logo depois

Influenciador come peixe infestado de vermes para viralizar, e sofre as consequências logo depois

'Eu sou um idiota, não vou mentir', disse Nichola, após lidar com sintomas de infecção. Jovem de 23 anos disse que não se arrepende

  • Hora 7 | Do R7

Um influenciador do TikTok resolveu testar os limites da existência e comeu um peixe infestado de vermes com o único intuito de ganhar algumas visualizações. Nichola Kratka tem 23 anos e adequadamente se descreve como um "comedor extremo", especializado em coisas repugnantes.

A aventura digestiva do jovem da Flórida, nos Estados Unidos, começou após ele pescar um robalo em um lago.

 Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
 Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Ao abrir, percebeu que as entranhas do animal estavam cheias de tênias. Ao invés de jogar o peixe no lixo, ele resolveu prepará-lo e comê-lo diante das câmeras.

@nick_kratka Only thing i have to say about this one is don’t eat tape worms  #tapeworm #catchandcook #bassfishing ♬ original sound - Nick Kratka

O vídeo corta para dois dias depois, quando Nichola diz que "não parava de ir ao banheiro" e sentia os típicos sintomas de uma infecção gastrointestinal: vômito, diarreia, fraqueza e dor.

O influenciador comeu o peixe e teve sintomas de uma infecção gastrointestinal

O influenciador comeu o peixe e teve sintomas de uma infecção gastrointestinal

Reprodução/TikTok/@nick_kratka

Ele foi a um especialista e recebeu tratamento com uma série de antibióticos. Apesar de todos os problemas, ele diz não estar arrependido.

"Eu sou um idiota, não vou mentir, isso foi totalmente minha culpa", afirmou ele em um vídeo sobre o caso. O plano deu certo, uma vez que a gravação foi vista 9,3 milhões de vezes na rede social.

Ele promete continuar a carreira de influenciador que faz maluquices: "Vou continuar comendo de forma extrema enquanto estiver vivo".

Tênias causam diversas doenças em hospedeiros, inclusive humanos. Geralmente se alojam no intestino, mas também podem permanecer em camadas inferiores da pele ou até nos olhos.

Vermes canibais e venenosos são vistos na Europa e deixam jardineiros em pânico

Últimas