Hora 7 Prefeitura derruba casa de morador por engano e ainda cobra R$ 300 mil dos custos da demolição

Prefeitura derruba casa de morador por engano e ainda cobra R$ 300 mil dos custos da demolição

Se não pagar, o americano Everett Tripodis pode perder até o terreno da residência que havia comprado pouco tempo atrás

  • Hora 7 | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Um americano teve a casa derrubada por engano pela prefeitura.

  • Everett conta que os empreiteiros chegaram sem aviso e demoliram tudo.

  • Em vez de desculpas, ele ainda recebeu uma cobrança de R$ 333 mil.

  • Se não pagar, pode perder até o terreno da casa.

Um americano verificou da pior forma como erros de burocracia podem ser assustadores. Administradores locais derrubaram por engano a casa dele e ainda cobraram os custos altíssimos da demolição — se ele não pagar, pode perder o terreno baldio onde ficava a antiga residência.

Everett Tripodis mora em Atlanta, nos Estados Unidos, e conta que a demolição ocorreu sem nenhum aviso.

Casa foi demolida por engano e ainda rendeu dívida gigante ao ex-dono

Casa foi demolida por engano e ainda rendeu dívida gigante ao ex-dono

RawPixel (Domínio Pùblico)

Tudo porque a prefeitura enviou uma notificação para o verdadeiro alvo da demolição, que mora a cerca de 2 km de distância e mantém uma residência considerada imprópria para habitação.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

Everett comprou a casa centenária juntamente com a mãe e a reformava para morar de vez no local, em breve, até a prefeitura chegar e transformar tudo em uma pilha de entulhos.

Após a operação de derrubada, Everett recebeu uma cobrança de US$ 68 mil (R$ 333,6 mil, no câmbio atual), correspondente aos custos da destruição. Caso ele não pague, a prefeitura poderá executar a hipoteca do terreno dele.

"Fico surpreso como eles se enganaram e enviaram [a notificação] para o endereço errado. Eu cheguei de manhã e encontrei o empreiteiro, e toda a casa se foi. Tudo se foi. Nada além de sujeira", afirmou Everett em entrevista ao Canal 2 Action.

O ex-dono da casa processou a cidade pela demolição errada, ocorrida em março, mas o processo está parado com outros e provavelmente não será julgado antes do fim do prazo de pagamento dos custos de demolição.

LEIA ABAIXO: Monumento com peixes duvidosos vai abaixo após indignação online

Últimas