Hora 7 Almoço exótico: blogueira de culinária prepara e devora salamandra monstruosa

Almoço exótico: blogueira de culinária prepara e devora salamandra monstruosa

Gravação foi feita por TIzi, uma influenciadora de culinária da China, recentemente multada por preparar um tubarão-branco

  • Hora 7 | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Uma blogueira viralizou recentemente por preparar uma salamandra gigantesca.

  • Tizi foi multada pelo governo da China por cozinhar um tubarão-branco e comê-lo.

  • A espécie é protegida por leis ambientais do país, o que ainda fez o vendedor ser preso.

  • A blogueira ainda pediu desculpa e disse que foi 'realmente enganada' no episódio.

Parecia um pet exótico, mas virou um farto jantar

Parecia um pet exótico, mas virou um farto jantar

Reprodução/Twitter/Vídeo/@TheReviken

No início de fevereiro, a blogueira de culinária Jin Moumou — conhecida online como Tizi — se tornou internacionalmente conhecida. A chinesa, famosa por preparar e comer alimentos bastante exóticos, foi multada por comprar, preparar e comer um tubarão-branco, uma espécie protegida na China.

O caso fez muitos se lembrarem de outros vídeos da blogueira, que mostra uma capacidade insaciável de lidar com alimentos que nem pareciam alimento antes de iniciar a gravação e o preparo.

Em um vídeo que viralizou intensamente no Twitter, podemos ver Tizi ao preparar uma apetitosa salamandra-gigante-da-china (Andrias davidianus), o maior anfíbio do mundo — que passa dos 2 m e pesa até 45 kg. Veja a obra de arte em toda a sua glória abaixo.

Para quem não entende mandarim, a impressão que fica no início da gravação é que Tizi arrumou um novo animal de estimação: ela agarra a salamandra, faz carinho e dá beliscões na barriga e no dedos dela, mas logo depois tudo começa a mudar.

Vemos a blogueira abrindo o anfíbio imenso com um cutelo, antes de nos revelar cada detalhe das entranhas dele, e prepará-lo num tacho.

O tuíte com a gravação foi visto mais de 5 milhões de vezes e recebeu quase 10 mil curtidas. Nos comentários, muitos se mostraram assustados, mas reconheceram o talento de Tizi, que pareceu preparar um prato bem apetitoso.

"Honestamente, provavelmente tem um gosto muito bom", disse uma das respostas.

Crime por engano

Recentemente, Tizi Jin publicou alguns vídeos nos quais pede desculpa pelo crime cometido. Nas plataformas chinesas Kuaishou e Douyin, ela afirmou ter sido "realmente enganada" pelo comerciante que vendeu o tubarão.

"Algumas espécies de tubarão podem ser comidas legalmente, e foi isso que presumi quando filmei o vídeo", afirmou a influenciadora, que tem mais de 7 milhões de seguidores em redes sociais do país.

"Refleti sobre meus erros e continuarei aprendendo sobre a vida marinha", completou Tizi.

De fato, tubarões são um alimento comum no país, embora algumas espécies sejam protegidas pelas leis ambientais.

Por causa do crime, a blogueira foi multada em 125 mil renmimbi (R$ 93 mil, no câmbio atual).

Em comentários mostrados pelo tabloide Daily Star, chineses acharam que ela escapou fácil de uma punição mais severa.

"Se não houver dissuasão suficiente, as pessoas continuarão a imitar", disse uma resposta bastante curtida no Weibo, após o pedido de desculpa de Tizin.

LEIA ABAIXO: Cientistas descobrem salamandra bizarra que não se mexe há sete anos

Últimas