Japonesa solta pum durante cirurgia e causa incêndio em hospital

  • Hora 7
  • Do R7
Ficou segurando pra não queimar o filme, veio a anestesia e ela acabou queimando o hospital inteiro
Ficou segurando pra não queimar o filme, veio a anestesia e ela acabou queimando o hospital inteiro Ralf Hettler (sob licença Creative Commons)

Uma japonesa que não teve seu nome divulgado – por razões óbvias — sofreu queimaduras graves enquanto passava por uma cirurgia em um hospital universitário em Shinjuku, Tóquio, no Japão.

O caso ocorreu em abril passado, mas os detalhes só foram revelados agora por causa da investigação para apurar as causas do incêndio.

O que se descobriu, no entanto, não cheira muito bem.

Apurou-se que, enquanto a paciente era submetida a uma cirurgia a laser em sua coluna cervical, ela teria deixado escapar uma bufa.

O gás produzido pela flatulência, em contato com o feixe de laser, teria entrado em ignição fazendo com que boa parte do corpo da mulher pegasse fogo — incluindo suas pernas e sua cintura.

O inquérito também constatou que não havia nenhum outro tipo de material inflamável no recinto.

Felizmente, não é todo mundo que tem problemas com flatulência. Alguns de nós curtem cada segundo dela!