Gata havaiana vai fazer você perdoar todo mala sem alça que já tocou um ukulele

  • Hora 7
  • Do R7
Se você acha que Taimane sai bem em fotos, espere até ver como ela sai fazendo música
Se você acha que Taimane sai bem em fotos, espere até ver como ela sai fazendo música http://taimane.com/

O ukulele é um instrumento muito parecido com o cavaquinho — pelo menos no formato — e já provocou a ira de muita gente.

A responsabilidade pela proliferação de malas sem alça tocando este instrumento se deve, em muito, a Eddie Vedder (vocal do Pearl Jam), que passou a incorporar o ukulele em seus shows. 

Dali pra frente, tudo quanto é hipster chato do mundo decidiu que era uma boa ideia ter um ukulele e, deste modo, a figura mítica do  "cara do ukulele" tomou o temido posto do "fã de Legião com violão" e do "mágico amador" em todas as reuniões de faculdade e, quem tinha juízo, evitava esse tipo de gente.

Agora, isso está para mudar.

Isso porque, sozinha, uma mulher está disposta a recuperar todo o prestígio perdido pelo instrumento.

O nome dela é Taimane — que, em samoano, quer dizer "diamante". 

Ela cresceu no Havaí e tocava nas ruas do jeito que toca até hoje: misturando a fúria crua do rock'n'roll e a elegância delicada de uma dançarina. 

Um dia, o dono de um show de variedades bem conhecido em Waikiki viu uma performace de Taimane e a chamou para fazer parte de seu elenco.

Aos poucos, ela foi conquistando seu espaço e mostrando que o "diamante"  em seu nome brilha ainda mais forte quando ela está no palco fazendo o que faz de melhor — música.

Veja abaixo alguns bons motivos para manter os olhos fixos nesta mulher fantástica.