Briga de réveillon termina com dedo do pé arrancado no dente

Pra começar o ano com muita paz, saúde e harmonia, um dedo-burguer

Deve ter ficado como esses, mas com um dedo a menos
Deve ter ficado como esses, mas com um dedo a menos Archenbridge University, sob licença Creative Commons

Que as festas de fim de ano iam trazer muita confusão causada por gente bêbada, a gente já sabia desde o início, mas algumas pessoas vão além, pra trazerem as melhores histórias.

Imagine só a cena: em uma festa de ano novo, na cidade de Boston, EUA, uma das convidadas decide jogar um xaveco em outra mulher. O namorado dela se irrita e, além de discutir com ela, a agride, colocando as mãos no pescoço dela, tentando a enforcar.

Compreensivelmente chateada — ela levou um fora da menina e quase tomou porrada do namorado dela — ela conversa com a anfitriã da festa, para explicar o que aconteceu. A anfitriã, ao invés de ajudar a amiga, começa a brigar com ela, dizendo que ela tinha acabado com todo o clima da festa e começando a puxar seu cabelo!

Tendo sido agredida por duas pessoas, a garota decide fugir da festa, mas é perseguida pela dona do apartamento, de forma que a briga acaba indo para a rua, onde após rolarem na calçada, a anfitriã morde e arranca o dedinho do pé esquerdo da convidada.

Um amigo da vítima a levou ao hospital, onde de onde ela ligou para a polícia, para dar queixa do ocorrido. A polícia de Boston está investigando o caso, no momento.