Apaixonado por jumenta, americano diz que a lei é burra

O maluco diz que faz sexo com cavalos desde os 18 anos e acha tudo isso normal

  • Hora 7
  • Do R7
Pior é que, se você criticar a ideia do cara, é capaz dele te dar um coice
Pior é que, se você criticar a ideia do cara, é capaz dele te dar um coice Reprodução/Ocala.com

Carlos Romero tem 32 anos e é trabalhador agrícola na Flórida, nos Estados Unidos. 

Nada demais até aí...

Só que o cara foi flagrado em uma posição pra lá de comprometedora com uma jumenta chamada “Doodle”. 

Ao ser preso, ele contestou a lei do país que proíbe o sexo com animais, falando que ela é inconstitucional.

Conheça Hannah Sabata, a pior bandida do mundo!

O quadro dele não acaba por ai. Ele já havia sido preso meses atrás quando foi pego no celeiro — literalmente — com as calças na mão.

Ele foi preso e acusado de crueldade contras os animais.

Os esquisitos se viram como podem!

Se você tá achando um absurdo, ainda não viu nada!

Ele falou para as autoridades, durante o interrogatório, que prefere os cavalos (tente não pensar na música Eguinha Pocotó, do MC Serginho) devido a sua “forma feminina, comportamento e força bruta”.

Além disso, ele assumiu que faz sexo com os bichinhos desde quando tinha 18 anos.

Bonecos assustadores vão fazer você ficar sem palavras

Pra tentar reverter a situação, o advogado do pervertido diz que a legislação humilha seu cliente ao dizer que essa conduta sexual é um crime.